Blog


Quando se fala em acabamentos, estilo e bom gosto são palavras de ordem para valorizar os projeto de arquitetura. Versatilidade, longevidade, resistência, praticidade e sofisticação são algumas das características que um arquiteto deve buscar na hora de escolher o material que usará nos acabamentos de seus projetos.

Mármore e granito são escolhas certeiras quando usados em cozinhas, pisos, banheiros e fachadas, por exemplo. Mas não é só isso: eles viraram importantes elementos decorativos que se encaixam em qualquer espaço, seja em projetos residenciais, seja em projetos comerciais.

Listamos neste post 6 motivos que vão te convencer a incluir esse tipo de acabamento em seus projetos. Quer saber quais são eles? Continue a leitura e confira!

1. Beleza totalmente natural

O mármore e o granito são pedras naturais de beleza singular, já que seus cortes possuem tonalidades e desenhos únicos. Graças à natureza, a incontável variedade de texturas e cores do mármore e do granito faz com que não haja duas peças iguais, o que garante aos ambientes onde são usados um aspecto luxuoso quase que exclusivo.

2. Sempre serão atemporais

Se tem algo que nunca acontecerá a um projeto que inclua mármore e granito é sair de moda. Muito do charme e do encanto deles é a atemporalidade desses materiais. Eles são considerados pedras nobres que nunca caem em desuso. Ao mesmo tempo em que são totalmente originais, carregam história e requinte.

3. Feitos pra durar

Ao contrário de acabamentos como madeira, cerâmica e azulejos, granito e mármore sofrem muito menos com a ação do tempo. Esses materiais ajudam ― e muito ― a valorizar os projetos de arquitetura porque, entre outros motivos, não demandam trocas constantes e têm durabilidade inquestionável.

4. Cuidados simples

Para que esses tipos de pedras se mantenham sempre bonitos e bem cuidados, é importante dar atenção à limpeza e à manutenção.

O diferencial é que não há complicações para isso: varrer com vassoura de pelo macio e usar pano úmido com sabão neutro resolvem o problema. Nada de produtos químicos, água sanitária e receitas complexas.

5. Relação entre custo e benefício recompensadora

Incluir o mármore e o granito em um projeto interfere diretamente na relação entre custo e benefício dele.

Comparados a outros materiais, seus preços podem até dar a impressão de encarecer o custo geral, mas a sua resistência e os baixos gastos para manutenção os tornam econômicos no longo prazo.

6. Utilização nos locais apropriados

Para que esses materiais tenham vida útil duradoura e se mantenham sempre bonitos, saiba onde utilizá-los.

O mármore, por exemplo, tem uma resistência menor à absorção de água e, por isso, seu uso é bastante recomendado em pisos e em paredes internas. Já o granito tem uma resistência física maior tanto a impactos quanto à umidade, então seu uso é recomendado em bancadas de cozinha e em áreas externas.

DICA EXTRA: um bom arquiteto atesta seu reconhecimento no mercado criando projetos ousados, sofisticados e que prezam pela qualidade de todos os materiais recomendados. Sendo assim, é imprescindível recomendar marmorarias que atendam às expectativas em torno do resultado desejado.

Agora que você já sabe que mármore e granito são materiais incríveis para revestimentos e acabamentos, comente este post e nos conte de que outra forma eles podem valorizar projetos de arquitetura.


Um dos revestimentos para bancadas mais populares no mercado utilizado em ambientes residenciais ou comerciais é o granito. E essa rocha proporciona diversos benefícios para o seu projeto! Confira quais são eles a seguir:

Beleza e profundidade

Não há dúvida de que o granito é encantador e sua beleza é reconhecida desde o Egito Antigo. Além disso, o granito adiciona profundidade para o espaço devido ao modo como a luz natural reflete na superfície. Como não há duas chapas de granito iguais, cada parte da sua bancada de cozinha pode apresentar uma aparência diferente com uma variedade de partículas e veios.

Valorização

Embora o granito não adicione um valor monetário ao seu imóvel, o material é muito atraente aos olhos dos compradores caso você decida vendê-lo.

Durabilidade

Assim como o mármore, o granito é mais durável e resistente a arranhões ou rachaduras do que outros tipos de materiais para bancadas. Recomenda-se realizar a impermeabilização da rocha em média uma vez por ano para prolongar ainda mais a vida da bancada.

Antibacteriano e resistente a manchas

Por ser selado, o granito não é poroso. Isso significa que qualquer líquido derramado na bancada não será absorvido. Dessa forma, a rocha é mais resistente a bactérias e sujeiras do que outras superfícies de bancadas. Vale ressaltar que a impermeabilização também ajuda na resistência contra manchas, embora qualquer substância líquida derramada deve ser limpa o mais rápido possível como precaução.

Versátil

O granito pode ser cortado da forma como você desejar. Você pode optar por formas ovais, quadradas, arcos e curvas para tornar o seu projeto único e deslumbrante!

Resistente ao calor

Você pode colocar uma panela retirada diretamente do fogão em uma bancada de granito sem se preocupar com queimaduras ou derretimentos. Panelas de assar, torradeiras e até mesmo frigideiras podem ser colocadas na bancada normalmente, pois não deixam marcas de calor na superfície.

Fácil manutenção

Ao contrário de outros tipos de rochas, o granito é mais fácil de reparar se for danificado durante o uso regular. Uma empresa especializada pode reparar os danos com um composto especial.

Superfície plana

Os padeiros entendem a necessidade de uma superfície plana quando estão cozinhando. Desenrolar a massa ou amassar pão é muito mais fácil se a superfície for lisa e plana. O granito possui essas características, o que proporciona um espaço de trabalho perfeito na sua cozinha.

Uso interno e externo

A aplicação do granito pode ser realizada em ambientes internos e externos. O granito não sofrerá danos causados pela chuva, gelo, neve ou calor extremo. O granito é uma opção bastante utilizada em bancadas, mas também pode ser aplicado em pisos, revestimentos de parede, lareiras, entre outros.

 


4 benefícios do uso da bancada de quartzo na cozinha

 

bancada da cozinha vem se tornando um elemento indispensável da decoração, que une em uma só peça elegância e praticidade na medida certa para todas as ocasiões. Ela é instalada em modelos que recobrem a pia e se estendem até a mesa dos convidados, formando assim um ambiente integrado e bem funcional, bem como em modelos mais compactos, que são ideais para cozinhas pequenas e compactas.

E um dos modelos de bancadas para cozinha que vem se tornando muito populares é o das bancadas em quartzo, que vão deixar a cozinha de sua casa muito mais convidativa. A bancada de quartzo é feita com uma superfície composta por aproximadamente 90% de quartzo, juntamente com outros materiais, dentre os quais resinas e pigmentos, que agregam cores e modelos bem variados as peças. Ela é um material que vem sendo muito usado em projetos atuais por ser considerado altamente sustentável, assim como o Dekton, já que tem reduzidas emissões de substancias e resíduos nos ambientes.

A bancada de quartzo também oferece inúmeros benefícios consideráveis quanto ao seu uso, dentre eles:

• Possuem uma alta resistência aos cortes e também contra alguns tipos de ácidos comuns na cozinha, como limão ou vinagre;
• São muito fáceis de limpar;
• Possui uma superfície livre de fungos ou bactérias;
• Ampla variedade de cores, que permite a combinação com diferentes elementos de decoração.

Mas é importante ressaltar estes dois pontos desfavoráveis do modelo, para que a escolha seja sempre a ideal:

• Não é recomendado apoiar objetos quentes que foram retirados do fogo recentemente sobre a bancada de quartzo, pois sua superfície pode ficar marcada com manchas, e com o tempo ficar danificada

 A bancada de quartzo não é recomendada para cozinhas ou áreas expostas à luz solar constante, ou que tenham lâmpadas que emitem raios UV.

E você teria uma bancada de quartzo em sua casa?


Na hora de escolher os revestimentos para determinados ambientes da casa, muita gente pensa mais no preço e na aparência deles. Porém, existem muitos outros fatores que influenciam a forma com que se trabalha em cada material.

Na cozinha, por exemplo, as pedras têm se tornado cada vez mais famosas pela facilidade de limpeza e boa estética que proporcionam ao espaço. Entre as mais utilizadas, o granito ganha destaque pela diversidade de modelos aliada a um preço acessível.

Veja agora por que você também deve usar granito na sua cozinha!

É fácil de limpar

Como os revestimentos de cozinha são muitas vezes locais utilizados para o preparo e manipulação de alimentos, é fundamental escolher um material que mantenha a limpeza por mais tempo.

O granito é uma pedra relativamente fácil de trabalhar, por isso seu acabamento em bancadas de cozinha é liso e uniforme. Essa característica garante maior facilidade na hora da limpeza, sem preocupações com possíveis ranhuras ou asperezas.

Assim, quanto mais simples for a higienização e manutenção da pedra, melhor será para a saúde e bem-estar do usuário.

É um material resistente

O granito é uma pedra com pouca porosidade e bastante rígida, o que a torna muito resistente contra possíveis riscos, arranhões e até produtos abrasivos. Como consequência, é um material de grande durabilidade e tem utilidade tanto em ambientes externos quanto internos nas residências.

Se a ideia é usar o granito na bancada da sua cozinha, pode ter certeza de que terá um material de qualidade, mas tome muito cuidado na hora da instalação, para evitar quebras ou rachaduras.

Tem várias cores diferentes

Os modelos variados que o granito oferece possibilitam a composição de diferentes tipos de cozinha, bastando escolher o que mais agrada.

Os tipos escuros combinam com estilos modernos e futuristas, principalmente quando utilizados com eletrodomésticos e demais elementos em inox. Se a ideia é equilibrar a cor forte das mobílias em madeira da cozinha, pode-se optar por um granito em tom mais claro ou totalmente branco.

Para quem não curte uma só cor predominante, tem ainda a opção de usar o granito mesclado, em que a mistura está disponível nas mais variadas combinações.

Não absorve água

Comparado a outras pedras, o granito ainda tem a vantagem de não absorver a água com tanta facilidade. Isso porque é formado por três minerais que o torna menos poroso, dificultando a infiltração de líquidos sobre a superfície.

Como a cozinha é um local da casa que demanda uso contínuo de água, contar com uma bancada de granito pode ser o diferencial na hora de limpar ou preparar seus alimentos.

Não mancha com facilidade

Se o granito não absorve água, você também não terá problemas com manchas. Resíduos como gordura, bebidas e produtos de limpeza são derramados com frequência em superfícies da cozinha. Assim, é melhor contar com uma pedra que não os absorva tão rapidamente.

Se ainda assim quiser garantir total proteção da sua bancada e evitar que manche, o ideal é impermeabilizá-la com os produtos adequados.

Page 1 of 9